O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista, em parte ou no seu todo; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço duplo; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Manuscritos submetidos que não estejam dentro das diretrizes estabelecidas abaixo serão reencaminhados aos autores.

1. O arquivo enviado deve ter até 2MB.

2. O manuscrito deve ser redigido em português ou inglês. Entretanto, encorajamos a submissão em inglês, nesse caso, a versão em português do manuscrito e o certificado de tradução devem ser enviados como documentos suplementares.

3. A extensão máxima dos manuscritos, incluindo todos os elementos textuais, são as seguintes: 20 páginas para artigos; 25 páginas para revisões e 10 páginas para as notas.

4. O manuscrito deve ser organizado com os seguintes elementos, nesta ordem: título em português, Título curto, resumo, palavras-chave, título em inglês, abstract, keywords, introdução, material e métodos, resultados e discussão, conclusões, agradecimentos (opcional) e referências. Não enumerar esses elementos. Separar cada tópico ou subtópico por um enter antes e depois.

5. Os nomes dos autores não devem ser inseridos no manuscrito submetido, apenas no sistema da revista, ao submeter o manuscrito. O manuscrito não deve superar o total de 10 autores.

Formato e estilo do documento

6. O manuscrito deve ser redigido em editor de texto (.doc ou .docx), com fonte Times New Roman, tamanho 12 pt, espaçamento entre linhas duplo, margens de 3 cm, com páginas e linhas enumeradas de maneira contínua.

7. Título: centralizado, com a primeira letra maiúscula e com até 15 palavras.

8. Título curto: centralizado, com a primeira letra maiúscula, com até 40 caracteres (com espaços).

9. Resumo: até 200 palavras (150 palavras, no caso de notas científicas). Iniciar com uma breve introdução, seguida dos objetivos e de cada parte dos elementos do manuscrito (metodologia, resultados e conclusões). Siglas e citações devem ser evitadas.

10. Palavras-chave: entre 4 a 5 palavras, cada qual com dois ou mais termos, em ordem alfabética. Não se deve repetir palavras contidas nos títulos.

11. Introdução: Deve conter até 40 linhas. Versar sobre o propósito da pesquisa e apresentar o estado do conhecimento sobre a área da pesquisa. Citar claramente os objetivos ou hipóteses que foram testados. Deve ser finalizada com os objetivos.

12. Material e Métodos: Explicar os procedimentos realizados, de maneira que possa ser reproduzido por outros pesquisadores. Descrever claramente o(s) tipo(s) de análises estatísticas utilizadas. Procedimentos-padrão devem ser apenas referenciados. As unidades de medidas e as suas abreviações devem seguir o Sistema Internacional. Equipamento específico utilizado no estudo deve ser descrito (modelo, fabricante, cidade e país de fabricação, entre parênteses). Caso haja a necessidade de subtítulos nesta seção, alinhá-los à esquerda e em itálico, com a primeira letra maiúscula.

13. Pesquisa que requeira autorizações especiais, tais como de Comissões de Ética (Humana ou Animal), devem anexar o parecer de aprovação em documentos suplementares. Caso contrário, o manuscrito não será avaliado.

14. Resultados e Discussão: Apresentar os dados obtidos, não devendo: repetir no texto toda a informação contida em tabelas e figuras; Não apresentar a mesma informação em tabelas e figuras simultaneamente. Não utilizar sub-subtítulos nesta seção. Algarismos devem estar separados de unidades (Ex.: 60 °C e não 60° C), exceto para percentagem (e.g., 5% e NÃO 5 %). Na discussão, a simples especulação sem fundamento deve ser evitada e utilizar somente referências relevantes para a discussão.

15. Conclusões: deve conter, no máximo 2 parágrafos, com uma interpretação sucinta dos resultados que responda ao(s) objetivo(s), ressaltando as implicações científicas do trabalho.

16. Agradecimentos: devem ser breves e concisos. Incluir agência de fomento. Não abreviar nomes de instituições.

17. Bibliografia: Organizada em ordem alfabética. O título dos periódicos não deve ser abreviado. É preferível que as referências citadas sejam dos últimos 10 anos onde, no mínimo, 70% delas sejam artigos de periódicos científicos. Evitar exceder 25 referências para artigos e notas e; 40 referências para revisões bibliográficas. Não utilizar monografias ou trabalhos publicados em anais de eventos científicos.

18. As citações com mais de uma referência devem seguir a ordem cronológica. Para duas ou mais referências publicadas no mesmo ano, citar por ordem alfabética. Por favor, siga o seguinte padrão para as citações:

- Um autor: Santos (2015) ou (Santos, 2015).

- Dois autores: Barros e Silva (2014) ou (Barros e Silva, 2014).

- Três ou mais autores: Ferraz et al. (2016) ou (Ferraz et al., 2016).

19. Todas as referências devem conter o DOI ou link direto a seu acesso, exceto para livros, dissertações ou teses que não estejam publicadas online. As referências devem ser formatadas segundo os exemplos abaixo:

Artigos de periódicos:

Villa Nova, N.A.; Salati, E.; Matsui, E. 1976. Estimativa da evapotranspiração na Bacia Amazônica. Acta Amazonica, 6(2): 215-228. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921982123S023

Dissertações e teses:

Ribeiro, M.C.L.B. 1983. As migrações dos jaraquis (Pisces: Prochilodontidae) no rio Negro, Amazonas, Brasil. Dissertação de Mestrado, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/ Fundação Universidade do Amazonas, Manaus, Amazonas. 192p. Link para a dissertação.

Livros:

Steel, R.G.D.; Torrie, J.H. 1980. Principles and procedures of statistics: a biometrical approach. 2da ed. McGraw-Hill, New York, 633p.

Capítulos de livros:

Absy, M.L. 1993. Mudanças da vegetação e clima da Amazônia durante o Quaternário. In: Ferreira, E.J.G.; Santos, G.M.; Leão, E.L.M.; Oliveira, L.A. (Ed.). Bases científicas para estratégias de preservação e desenvolvimento da Amazônia. v. 2. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, Amazonas, p.3-10.

Citação de fonte eletrônica:

CPTEC, 1999. Climanalise, 14: 1-2 (www.cptec.inpe.br/products/climanalise). Acesso em 19/05/1999. Citações com mais de dez autores: Tseng, Y.H.; Kokkotou, E.; Schulz, T.J.; Huang, T.L.; Winnay, J.N.; Taniguchi, C.M.; et al. 2008. New role of bone morphogenetic protein 7 in brown adipogenesis and energy expenditure. Nature, 454(3): 1000-1004. http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921982123S023

20. Figuras: As figuras devem ser incorporadas dentro do texto, próxima de onde é citada pela primeira vez. Além disso, elas devem ser anexadas, em separado, em documentos suplementares (no formato JPG ou TIFF) nomeando o anexo com a sua ordem no manuscrito (Ex.: Figura 1). Devem ter alta qualidade e resolução mínima de 300 dpi. Não criar gráficos de barras ou de pizza para dados qualitativos binários (Ex.: sim e não; hipertenso e não hipertenso).

21. Tabelas: Máximo de 4 tabelas por manuscrito. Elas devem ser incorporadas dentro do texto, próxima de onde é citada pela primeira vez. Não deve conter linhas verticais e não ser fechada nas laterais. O seu título e conteúdo devem estar em espaçamento simples. A tabela não deve ser colada ou inserida como imagem, mas, criada no documento do manuscrito, utilizando a guia “inserir tabela”.

22. As seguintes informações devem acompanhar todas as espécies citadas no artigo:

Para zoologia: o nome do autor e da data de publicação da descrição original deve ser dada a primeira vez que a espécie é citada nos trabalhos; Para botânica e ecologia: somente o nome do autor que fez a descrição deve ser dado a primeira vez que a espécie é citada nos trabalhos.

23. A Acta Brasiliensis pode alterar o formato e estilo do texto, figuras e tabelas e promover correções gramaticais para torná-los no padrão de edição do periódico. Caso necessário, será solicitada a planilha de dados que contém os gráficos para melhores ajustes.