A aventura heroica na narrativa O Hobbit de J. R. R. Tolkien

Ismael Nazario, Lívia Soares

Resumo


Bilbo Bolseiro, protagonista da narrativa O Hobbit, de J. R. R. Tolkien, ingressa em uma aventura heroica pela Terra-média na companhia de doze anões e um mago. A jornada realizada por ele o permite passar por um processo de desenvolvimento interior. A narrativa o conduz a lugares perigosos e maravilhosos, que colocam sua coragem e outros atributos em prova. Em vista disso, objetivamos investigar a jornada heroica empreendida pelo protagonista Bilbo, no conto de fadas citado, e verificar como ela acarreta mudanças para o hobbit. Para tanto, utilizaremos os estudos de Campbell (2007a), acerca do monomito e da jornada heroica, como aporte teórico-metodológico principal deste trabalho, e o estudo de Tolkien (2013) acerca do conto de fadas. Nos valeremos também do Dicionário de Símbolos de Chevalier e Gheerbrant (2009) no entendimento dos símbolos que aparecem na narrativa. Analisaremos a história segundo as fases de desenvolvimento propostas por Campbell: Partida, Iniciação e Retorno. Após mapearmos a aventura, comprovamos que o hobbit muda consideravelmente sua forma de perceber o mundo que o cerca e a si próprio no final da narrativa, apresentando um conjunto de características que ele não apresentava antes da aventura.

Palavras-chave


Literatura; O Hobbit; Jornada do herói;

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.35572/rlr.v7i0.1213

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Letras Raras

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores:

           


VISITANTES NO MUNDO DA REVISTA LETRAS RARAS: