Licença Creative Commons
Todo o conteúdo da Revista Letras Raras está licenciado sob Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Revista Letras Raras

A Revista Letras Raras [RLR] é um periódico acadêmico trimestral criado e dirigido por pesquisadores do Laboratório de Estudos de Letras e Linguagens na Contemporaneidade (LELLC-Grupo de Pesquisa /UFCG/ CNPq), dentre os quais, há professores do Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Unidade Acadêmica de Letras, Centro de Humanidades, da Universidade Federal de Campina Grande (CH/UFCG).

Aceita artigos, ensaios e resenhas, poemas, traduções, entrevistas de áreas do conhecimento além de ceder espaço à produção intelectual de acadêmicos de todo o país e do exterior, dede que estejam filiadas à área das Ciências das Linguagens e às suas múltiplas manifestações.

A RLR recebe contribuições em fluxo contínuo, exceto para os dossiês. Nesses casos, sempre haverá data limite para envio das propostas para cada dossiê.

A Revista Letras Raras recebeu Qualis/Capes B1 em Linguística e Literatura.

A Revista Letras Raras/ LELLC/ CH /UFCG trabalha com livre acesso a todas as edições e não há nenhum custo financeiro para colaboradores publicarem seus textos.

ISSN: 2317-2347 

 

Indexadores:

 

Portal Periódicos CAPES

Crossref 

Academic and Scholarly Research Publication Center - Europub

Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras

Livre- Revistas de Livre Acesso

RCAAP- Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal

MIAR 

ERIHPLUS - European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences

DOAJ - Directory of open acces journals

Google Scholar

REDIB Iberoamericana

Oasisbr - Instituto Brasileiro de Informação em Informação em Ciência e Tecnologia

Sumários.org

ISSN Portal

WorldCat

Notícias

 

Chamada para a 2ª. edição (2021.2). Dossiê: Produção e correção de textos mediadas por tecnologias digitais: possibilidades e desafios

 

Organizadores:

Roberta Varginha Ramos Caiado (UNICAP)
Adair Vieira Gonçalves (UFGD/CNPQ)
Eliana Maria Severino Donaio Ruiz (UEL)
Milene Bazarim (UFCG/UNICAP) 

Antes que as instituições de ensino do mundo tivessem que aderir, emergencialmente, ao ensino remoto, a fim de garantir o isolamento social necessário para o enfrentamento da pandemia da Covid-19 e minimizar os impactos na aprendizagem dos alunos, a incorporação das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC), embora se configurasse como uma alternativa para a otimização do processo de ensino e aprendizagem na Educação Básica, já enfrentava desafios. Também a adoção de práticas significativas e situadas de produção de texto de diversos gêneros, incluindo os multimodais, já se constituía não só uma necessidade, mas um desafio a ser enfrentado pelas escolas, sobretudo as brasileiras. Consequentemente, também se apresentava como uma necessidade urgente superar a concepção de escrita como produto para entendê-la como trabalho ativo do sujeito (FIAD; MAYRINK-SABINSON, 1991), bem como abandonar a concepção de correção como mera higienização do texto do aluno (JESUS, 1995), e/ou como uma forma de atribuir nota, passando a compreendê-la de forma interativa, como um diálogo a ser estabelecido entre professor (mediador) e aluno (autor) a respeito do texto (RUIZ, 2010) – passível de ser realizado por meio de diversas tecnologias (entre elas a escrita).

Tendo em vista os aspectos mencionados, consideramos não só pertinente, mas imprescindível, a reunião, neste dossiê temático, de resultados inéditos de pesquisa que contemplem as possibilidades e os desafios no uso de tecnologias digitais tanto na produção quanto na correção de textos em contexto escolar. A fim de se constituir como um espaço democrático, no qual é garantida a reflexão e o debate pautados na pluralidade de ideias, pretendemos, neste dossiê, acolher contribuições advindas de pesquisas aderidas a diversas orientações teórico-metodológicas desde que estejam de acordo com o foco e o escopo da revista. Pretendemos, pois, abarcar pesquisas sobre produção e correção de textos, mediadas por tecnologias digitais, acerca de diversos gêneros (incluindo os multimodais), na Educação Básica (da alfabetização ao Ensino Médio). Considerando que a ampliação da competência escritora deve ser um compromisso das diversas disciplinas do currículo escolar da educação básica, serão bem-vindos artigos que contemplem a prática de produção e de correção de textos em outros contextos que não somente o da aula de Língua Portuguesa ou de Redação.

 

Prazo para submissão: 17 de fevereiro de 2021

Publicação prevista: abril de 2021

Normas para submissão:  http://revistas.ufcg.edu.br/ch/index.php/RLR/about/submissions#authorGuidelines

REFERÊNCIAS

FIAD, Raquel S.; MAYRINK-SABINSON, Maria Laura T. A escrita como trabalho. In: MARTINS, M. H. (Org.). Questões da Linguagem. São Paulo: Contexto, 1991. p. 54-63.

JESUS, Conceição Aparecida de. Reescrita: para além da higienização. 1995. 116f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/269381. Acesso em: 21 out. 2020.

RUIZ, Eliana Donaio. Como corrigir redações na escola. São Paulo: Contexto, 2010.


Em todas as edições, a Revista Letras Raras também acolhe artigos atemáticos, desde que estejam centrados em Língua e/ou Literatura. Recebe também resenhas, entrevistas, traduções e criações literárias como contos, crônicas, poemas, visto ser essa a política deste periódico.

Mais informações: http://revistas.ufcg.edu.br/ch/index.php/RLR

Para submeter o trabalho o (s) autor(es) deverá (rão) cadastrar-se na plataforma da revista (http://revistas.ufcg.edu.br/ch/index.php/RLR/user/register), seguindo as orientações da Política Editorial e das Normas de Submissão da revista, encontradas no site.

Obs.: trabalhos enviados fora do prazo de submissão da chamada serão avaliados junto com os outros textos submetidos para a publicação seguinte.

Para acessar esta chamada em outras línguas (inglês, francês, italiano, espanhol e alemão), clique em "mais".

 
Publicado: 2021-01-07 Mais...
 
Outras notícias...

v. 9, n. 4 (2020): Dossiê: A última flor do lácio pelo mundo


Capa da revista