NA CASA DELES: FABULAR COM A PALAVRA, A IMAGEM E O FORMATO SANFONADO

Elisabete Alfeld

Resumo


O livro-objeto configura-se por um processo de montagem de um produto hibrido, criação projetada na interface com as muitas linguagens para, através da visualidade imagética, a visualidade da palavra e a visualidade do formato promover as travessias imaginárias. Com a escolha de uma técnica, diz Ângela Lago (2008), já abrimos uma primeira porta de leitura para o livro. A porta que queremos abrir é a do livro-objeto Na casa deles (2020), texto de Edith Chacon e ilustração de Priscilla Ballarin. O nosso estudo centra-se na contação de histórias mediada pelo livro com o interesse em destacar algumas das estratégias potencializadoras da ação fabuladora da palavra, da imagem e do formato sanfonado.


Palavras-chave


Livro-objeto. Na casa deles. Fabular. Visualidade. Linguagens

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, G. A ideia da prosa. Trad. João Barrento. Belo Horizonte, Autêntica, 2012.

BACHELARD, G. A poética do devaneio. 4ª ed. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2018.

BACHELARD, G. A poética do espaço. 2ª ed. Trad. Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2008.

BLANCHOT, M. O espaço literário. Trad. Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Rocco, 2011.

BLANCHOT, M. O livro por vir. Tradução de Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BARROS, M. Memórias inventadas: as infâncias de Manoel de Barros. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2008.

BENJAMIN, W. Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação. Trad. Marcus Vinicius Mazzari. São Paulo: Duas Cidades; Ed. 34, 2007.

BENJAMIN, W. O narrador. Considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet, Prefácio de Jeanne Marie Gagnebin. 2ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1986, p.197-221.

BENJAMIN, W. Passagens. Trad. Irene Aron. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2018.

BORGES, J. L. O livro de areia. Trad. de Davi Arrigucci Jr, São Paulo, Companhia das letras, 2009.

CALVINO, I. Seis propostas para o próximo milênio: lições americanas. Trad. Ivo Barroso. São Paulo: Cia das Letras, 1990.

CAPUTO, E. Casa de Barro. São Paulo: Editora Patuá, 2018.

CHACON, E. Na casa deles. Ilustração de Priscilla Ballarin. São Paulo: Edith Chacon, 2020.

CHEVALIER, J. Dicionário de símbolos. 10ªed. Trad. Vera da Costa e Silva, et al. Rio de Janeiro: José Olympio, 1996.

COMPAGNON, A. (1996). O trabalho da citação, tradução de Cleonice P. B. Mourão. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1996.

DELEUZE, G. Crítica e clínica. Trad. Peter Pál Pelbart. São Paulo: Editora 34, 2011.

FOUCAULT, M. Estética: Literatura e Pintura, Musica e Cinema. Ditos e Escritos III. Tradução Inês Autran Dourado Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009.

GAGNEBIN, J. História e narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva, 2007.

GENETTE, G. Palimpsesto: a literatura de segunda mão. Tradução de Luciene Guimaraes e Maria Antônia R. Coutinho. Extratos: capítulos 1, 2, 7, 40, 41, 45, 80. Belo Horizonte: Faculdade de Letras/UFMG, 2006.

HUNT, P. Crítica, teoria e literatura infantil. Tradução: Cid Knipel. São Paulo: Editora Cosac Naify, 2010.

LAGO, A. A leitura da imagem. In Nos caminhos da literatura. São Paulo: Peirópolis, 2008, p. 27-34.

LEE, S. A trilogia da margem. O livro-imagem segundo Susy Lee. Trad.Cid Knipel. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

LEMINSKY, P. Poesia: a paixão da linguagem. 1987.

https://artepensamento.com.br/item/poesia-a-paixao-da-linguagem Acesso em 15/01/2021

LINDEN, S. V. D. Para ler o livro ilustrado. Trad. Dorothée de Bruchard São Paulo: Cosac Naify, 2011.

LISPECTOR, C. Felicidade Clandestina. In Felicidade Clandestina: contos. Rio de Janeiro: Rocco, 1998, p.9-12.

MANGUEL, A. Uma história da leitura. Trad. Pedro Maia Soares. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

MELO NETO. J. C. Poesias completas. 2. ed. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1975.

PLAZA, J. O livro como forma de arte (I). Arte em São Paulo, São Paulo, n.6, abr., 1982.http://www.mac.usp.br/mac/expos/2013/julio_plaza/pdfs/o_livro_como_forma_de_artei.pdf Acesso em 15/01/2021

RUBIÃO, M. A Flor de Vidro. In Obra completa. São Paulo : Companhia das Letras, 2010, p.44-46.

ZUNTHOR, P. Performance e leitura. In Performance, recepção, leitura. 1ª ed. São Paulo: Cosac Naify, 2014, p. 61-72.




DOI: http://dx.doi.org/10.35572/rle.v21i1.2096

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Leia Escola consta nos seguintes indexadores, bancos de dados e bibliotecas

 

 

                                               

 

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

A  Revista Leia Escola está licenciada com a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais... _______________________ _<

 

Siga Rev Leia Escola nas redes sociais

   Instagram