THE WALKING DEAD: A MORTE DA SUBJETIVIDADE E A ASCENSÃO DO CORPO ZUMBI

Carlos Gildemar PONTES

Resumo


A ficção científica, hoje, revela uma série de catástrofes e perigos de toda ordem como possibilidades de destruição da terra. As lições provenientes dos filmes mostram o nosso comportamento diante do perigo de extinção. A série televisiva de maior audiência sobre o apocalipse zumbi é The Walking Dead. A série narra a história de um grupo de sobreviventes liderados por um ex-oficial de polícia, que se unem na luta para superar o caos provocado pela proliferação de zumbis. A partir da leitura de Gilles Deleuze e Félix Guattari, Suely Rolnik, dentre outros, diluídos ao longo do texto, iremos detalhar como se dá proposta de reorganização da sociedade a partir daquilo que lhe foi roubada, sua humanidade. Utilizando os conceitos de subjetivação ou a produção de subjetividade e “máquina de guerra” iremos discutir a transformação de um mundo capitalista em extinção pela barbárie que produz o extremo da violência e projeta um tipo ligado apenas ao instinto de sobrevivência. [...] Cada homem deste mundo arruinado será uma máquina-homem-zumbi. Nesta ordem desierarquizada o homem perderá a sua ãnima, a sua Deus ex-machina e até que o corpo se desintegre será apenas uma machina-zumbi.

Palavras-chave: Zumbi. Subjetivação. Máquina. The Walking Dead.


Texto completo:

PDF

Referências


BROWNE, Silvia. Fim dos tempos – Estudos, previsões e profecias. Tradução Ebréia de Castro Alves. 2 ed. São Paulo: Prumo, 2009

COLUCCI, Danielle Gregole; SOUTO, Marcus Magno Meira. Espacialidades e territorialidades: conceituação e exemplificações. In: Geografias - artigos científicos - Belo Horizonte: UFMG/IGC, 07 (1) 114-127, janeiro-junho de 2011.

DELEUZE, Gilles. A ilha deserta e outros textos. Textos e entrevistas (1953-1974) Edição preparada por David Lapoujade. São Paulo, Iluminuras, 2006.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O anti-Édipo – Capitalismo e esquizofrenia 1. Trad. Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2011.

_________. Mil platôs – Capitalismo e esquizofrenia 5. Trad. Peter Pál Pelbart e Janice Caifa. São Paulo: Editora 34, 1997.

GUATTARI, Félix; ROLNIK, Sueli. Micropolítica: cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 1986.

ROLNIK, Sueli. Cartografia sentimental: transformações contemporâneas do desejo. São Paulo: Estação Liberdade, 1989.

ROUANET, Sérgio Paulo. A razão nômade. Walter Benjamin e outros viajantes. Rio de Janeiro: EDUFRJ, 1993.

SANTOS, Milton. Da totalidade do Lugar. 1. ed. 1. reimpr. São Paulo: Edusp, 2008.

SCHOPENHAUER, Arthur. Dores do mundo. Rio de Janeiro: Ediouro, sd.

SILVA, Luiz Carlos Magno. Deleuze: a nova imagem do pensamento. Teresina: Luiz Carlos Magno Silva, 2007.

FILMOGRAFIA

AVATAR. Direção de James Cameron. 20th Century Fox, EUA, 2009. DVD. 107min.

O DIA EM QUE A TERRA PAROU – Direção de Robert Wise. Produção de Julian Balustein. 20th Century Fox, EUA, 1952. DVD. 92min.

THE WALKIG DEAD – Produção de Jolly Dale, Caleb Womble, Paul Gadd e Heather Bellson. AMC Studies, EUA, 2010. Seriado de televisão. Nove temporadas.

BATTLESTAR GALACTICA – Produção de Ronald Dowl Moore. Sci Fi, EUA, 2003. Seriado de Televisão baseado na minissérie de 1978, produzida pela rede ABC.

O LIVRO DE ELI – Direção de Albert Hughes. Sony film, EUA, 2010. DVD. 1h58min.

A ESTRADA – Produção de Nick Wechsler. Direção de John Hillcoat. Paris Filmes, EUA, 2006. DVD. 119min.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


_________________________________________________________________

PROFLETRAS - CFP - UFCG
Todos os direitos reservados®