Estudo taxonômico da Tribo Cassieae (Leguminosae – Caesalpinioideae) no Parque Ecológico Engenheiro Ávidos, Cajazeiras–PB

Flávio Sousa Souto, Aclébia Alves Quaresma, Rubens Teixeira de Queiroz, Maria do Socorro Pereira

Resumo


Este trabalho consiste no estudo taxonômico da Tribo Cassieae no Parque Ecológico Engenheiro Ávidos, Cajazeiras – Paraíba, realizado entre fevereiro/2017 a abril/2018. Foram registrados na área, 12 espécies, distribuídas em dois gêneros: Chamaecrista (6) e Senna (6). Dentre as espécies encontradas, destacam-se Chamaecrista pilosa, aqui citada como novo registro para o estado da Paraíba e as ocorrências de C. amiciella e C. duckeana, espécies endêmicas da Caatinga. Apresenta-se chave analítica para identificação das espécies, descrições morfológicas e informações complementares. Nesse contexto, evidencia-se a relevante contribuição deste estudo para o conhecimento da flora na região.

Palavras chave: Caatinga, diversidade florística, Taxonomia vegetal, Fabaceae.


Texto completo:

PDF

Referências


Amorim L.D.M., Souza L.O.F., Oliveira F.F.M., Camacho R.G.V. & Melo J.I.M. (2016) Fabaceae na Floresta Nacional (FLONA) de Assú, semiárido potiguar, nordeste do Brasil. Rodriguésia, 67(1): 105–123.

Araújo G.M. (2009) Matas ciliares da caatinga: florística, processo de germinação e sua importância na restauração de áreas degradadas. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Botânica. Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, Pernambuco.

Bandeira A.N.T. (2016) Convolvulaceae Juss. em uma unidade de conservação do semiárido Paraibano, Nordeste do Brasil. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Vegetal. Universidade do Estado da Bahia, Paulo Afonso, Bahia.

Camargo R.A. & Miotto S.T.S. (2004) O gênero Chamaecrista Moench (Leguminosae-Caesalpinioideae) no Rio Grande do Sul. Iheringia, 59(2): 131–148.

Cardoso D.B.O.S. & Queiroz L.P. (2007) Diversidade de Leguminosae nas caatingas de Tucano, Bahia: implicações para a fitogeografia do semi-árido do Nordeste do Brasil. Rodriguésia, 58(2): 379–391.

Córdula E. (2008) Distribuição e diversidade de leguminosae em áreas de Caatinga no Município de Mirandiba - PE. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal. Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Pernambuco.

Correia C.L.S.B. & Conceição A.S. (2017) The genus Chamaecrista Moench in a fragment of the Ecological Station Raso da Catarina, Bahia, Brazil. Biota Neotropica, 17(2): 1–15.

Dantas M.M. & Silva M.J. (2013) O gênero Senna Mill. (Leguminosae, Caesalpinioideae, Cassieae) no Parque Estadual da Serra Dourada, GO, Brasil. Hoehnea, 40(1): 99–113.

Feitosa A.A.F.M.A. (2000) Estudo da percepção dos diferentes grupos ligados ao Parque Ecológico De Engenheiro Ávidos, no Município de Cajazeiras-PB. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa. Paraíba.

Feitosa A.A.F.M.A., Watanabe T. & Menezes M.A. (2002) Unidades de conservação no semiárido nordestino: O caso do Parque Ecológico de Engenheiro Ávidos – PB. Raízes, 21(1): 101–113.

Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em http://floradobrasil.jbrj.gov.br/reflora/floradobrasil/FB115 (acesso em 08/06/2018).

Freitas M.I.A. (2012) Sub-bacia do Alto Piranhas, Sertão Paraibano: Percepção Ambiental e perspectivas na gestão dos recursos hídricos. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba.

Gadelha-Neto P.C., Lima J.R., Barbosa M.R.V., Barbosa M.A., Menezes M., Pôrto K.C., Wartchow F. & Gibertoni T.B. (2013) Manual de Procedimentos para Herbários. Recife: Editora Universitária da UFPE. 53 p.

Gonçalves E.G. & Lorenzi H J. (2011) Morfologia vegetal: organografia e dicionário ilustrado de morfologia das plantas vasculares. 2ª edição. São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora. 512 p.

Irwin H.S. & Barneby R.C. (1982) The American Cassiinaea synoptical revision of Leguminosae tribe Cassieae subtribe Cassiinae in the New World. Memoirs of the New York Botanical Garden, 35: 1–918.

LPWG (The Legume Phylogeny Working Group) (2013) Legume phylogeny and classification in the 21st century: progress, prospects and lessons for other species-rich clades. Taxon, 62(2): 217–248.

LPWG (The Legume Phylogeny Working Group) (2017) A new subfamily classification of the Leguminosae based on a taxonomically comprehensive phylogeny The Legume Phylogeny Working Group (LPWG). Taxon, 66(1): 44–77.

Lewis G.P., Schrire B.D., Mackinder B.A. & Lock J.M. (2005) Legumes of the World. Richmond, U.K.: Royal Botanic Gardens, Kew. 577 p.

Queiroz L.P. (2009) Leguminosas da Caatinga. Universidade Estadual de Feira de Santana/ Royal Botanic Gardens Kew/ Associação Plantas do Nordeste, Feira de Santana. 913 p.

Queiroz R.T. & Loiola M.I.B. (2009) O gênero Chamaecrista Moench (Caesalpinioideae) em áreas do entorno do Parque Estadual das Dunas de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Hoehnea, 36(4): 725–736.

Rodrigues R.S., Flores A.S., Miotto S.T.S. & Baptista L.R.M. (2005) The genus Senna (Leguminosae, Caesalpinioideae) in Rio Grande do Sul State, Brazil. Acta Botanica Brasilica, 19(1): 1–16.

Santos J.P., Souza A.O. & Silva M.J. (2017) Taxonomia e diversidade do gênero Senna Mill. (Leguminosae, Caesalpinioideae, Cassieae) no estado de Goiás, Brasil. Iheringia, 72(1): 75–105.

Silva S.A.L. & Melo J.I.M. (2013) A família Leguminosae Juss. em dois afloramentos rochosos no município de Puxinanã, Paraíba. Biotemas, 26(4): 23–43.

Souza V.C., Lorenzi H. & Flores T.B. (2013) Introdução à Botânica: morfologia. São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora. 223 p.

Souza A.O. & Silva M.J. (2015) Estudo taxonômico do gênero Chamaecrista Moench. (Caesalpinioideae, Leguminosae) na Floresta Nacional de Silvânia, Goiás, Brasil. Iheringia, 70(1): 73–88.

Souza A.O. & Silva M.J. (2016) Senna (Leguminosae, Caesalpinioideae) in the National Forest Silvânia, Goiás, Brazil. Rodriguésia, 67(3): 773–784.

Spjut R.W. (1994) A systematic treatment of fruit types, vol. 70. New York: New York Botanical Garden. 94 p.

Vidal W.N. & Vidal M.R.R. (2003) Botânica-Organografía Quadros Sinóticos Ilustrados de Fanerógamos. 4ª edição. Viçosa: UFV. 124 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.29215/pecen.v3i1.1146

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Autor e Revista mantêm os direitos da publicação

____________________________________________
Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza
Unidade Acadêmica de Ciências Exatas e da Natureza - CFP - UFCG
Cajazeiras - PB, Brasil
(ISSN 2526-8236)

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

INDEX COPERNICUS INTERNACIONAL

 

ICI WORLD OF JOURNALS