APLICAÇÃO FOLIAR DE PRODUTOS AGROECOLÓGICOS NO DESEMPENHO AGRONÔMICO DA ALFACE

Leonardo Barreto Tavella, Antonio Jussie da Silva Solino, Pedro Arruda Campos, Sebastião Elviro de Araújo Neto, Regina Lúcia Félix Ferreira

Resumo


Considerando o potencial nutricional e microbiológico do kefir e do biofertilizante, o objetivo deste trabalho foi comparar os produtos agroecológicos no desempenho das características agronômicas da alface. O experimento foi conduzido em ambiente protegido, adotou-se delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x4 (kefir e Biofertilizante), em quatro concentrações (0%, 1%, 3% e 5%) com quatro repetições, sendo 0% a testemunha (tratamento controle), com cinco aplicações ao longo do ciclo da cultura. As variáveis analisadas na cultura foram a massa da matéria fresca comercial (g planta-1), produtividade comercial (t ha-1), massa da matéria seca (g planta-1), ácido ascórbico (mg 100g-1), sólidos solúveis (°Brix) e análise microbiológica (NMP) das folhas. Não houve efeito significativo das doses do Biofertilizante nas variáveis analisadas. As doses de kefir não influenciaram a variável sólidos solúveis da alface e responderam linearmente para massa seca da parte aérea (MSPA) aumentando 5,22 g planta-1 quando comparado ao tratamento controle com concentração de Kefira 5%. As demais variáveis foram explicadas por regressão quadrática; na concentração de 3,3% de kefir a máxima MFPA foi de 119,23 g planta-1e a maior produtividade comercial de 13,25 t ha-1. A vitamina C apresentou concentração máxima de 34,28 mg 100g-1 na dose de 2,9%.


Palavras-chave


Lactuca sativa. Biofertilizante. Kefir.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v8i1.165

Apontamentos

  • Não há apontamentos.