Qualidade fisiológica de sementes de soja com mancha púrpura

Keilor Rosa Dorneles, Anderson Eduardo Brunetto, Leandro José Dallagnol, Daniele Brandstetter Rodrigues, Lilian Vanussa Madruga Tunes

Resumo


O objetivo com essa pesquisa foi elucidar o efeito da severidade e da localização da mancha púrpura no tegumento de sementes de soja na qualidade fisiológica e no desenvolvimento inicial da plântula. Sementes da cultivar de soja M5947 IPRO foram separadas em quatro classes de severidade da mancha púrpura: classe 1 – sementes assintomáticas, classe 2 – pigmentação purpúrea na porcentagem de 0,1 a 10%, classe 3 – 10 a 50%, e classe 4 – 50 a 100%. Os tratamentos foram organizados em delineamento inteiramente casualizado. A severidade da mancha purpura na semente não influenciou os valores de condutividade elétrica e a emergência da plântula em solo. Em relação ao teste de envelhecimento acelerado, não ocorreu variação significativa entre as diferentes classes de severidade da mancha purpura, exceto pelo maior comprimento da raiz e a menor porcentagem de sementes mortas na classe 3 comparada a classe 4. Por outro lado, maior porcentagem de plântulas anormais foi observada para sementes com o sintoma da doença associado ao hilo. Sementes com mancha púrpura, independente da severidade da mancha púrpura, não sofrem perdas na sua qualidade fisiológica. Porém, quando o sintoma da doença está associado ao hilo, há maior porcentagem de plântulas anormais no teste de emergência em solo.

Palavras-chave


Cercospora sp., Glycine max L.; Germinação; Sanidade de sementes

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A. M. R., ARTORI, F., CALVO, E. S., MARIN, S. R. R., FUKUJI, T. S. Diferenciação morfo-bio-molecular de isolados de Cercospora kikuchii obtidos de sementes de soja no Brasil. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v.26, p. 328, 2001.

ALMEIDA, Á. M. R., PIUGA, F. F., MARIN, S. R. R., BINNECK, E., SARTORI, F., COSTAMILAN, L. M., TEIXEIRA, M. R. O., LOPES, M. Pathogenicity, molecular characterization, and cercosporin content of Brazilian isolates of Cercospora kikuchii. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v.30, n. 6, p. 594-602, 2005.

BRASIL, Ministério da Agricultura e Reforma Agrária. Regras para análise de sementes. Brasília, DF: MAPA/ACS, 2009. 399 p.

BRINGEL, J. M. M. MORAES, M. H. D., MENTEN, J. O. M., BEDENDO, I. P. Qualidade sanitária e fisiológica de sementes de soja produzidas na Região de Balsa, Maranhão. Summa Phytopathologica, Jaboticabal, v.27, n. 4, p. 438-441, 2001.

CÂMARA, F. M. M., MONTEIRO, F. F., NADALETI, D. H. S., MOREIRA, R. A., AZEVEDO, H. P. A., BRUZI, A. T. Emergência de sementes de soja com diferentes porcentagens de infestação de mancha púrpura. Agropecuária Científica no Semiárido, Patos, v.15, n. 1, p. 18-22, 2019.

CARAFFA, M., PIRES, J. L. F., RUGERI, A. P., RIFFEL, C. T., HARTER, L. S. H., DANIELOWSKI, R., PIZZANI, R. Indicações técnicas para a cultura da soja no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, safras 2018/2019 e 2019/2020. Três de Maio, RS, 2018, 105 pg.

CGQV-coordenação geral de qualidade vegetal. Padrão de Identidade e Qualidade da Soja, 2005. Disponível em: http://www.puntofocal.gov.ar/ doc/piq_soja.pdf. Acesso em: 06 abril. 2019.

CONAB- Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira. Brasília, v. 6, n.9. 2019.

CONCEIÇÃO, G. M., BARBIERI, A. P. P., LÚCIO, A. D., MARTINI, T. N., MERTZ, L. M., MATTIONI, N. M., LORENTZ, L. H. Desempenho de plântulas e produtividade de soja submetida a diferentes tratamentos químicos nas sementes. Bioscience Journal, Uberlância, v. 30, n. 6, p. 1711-1720, 2014.

COSTA, E. M., NUNES, B. M., VENTURA, M. V. A., ARANTES, B. H. T., MENDES, G. R. Efeito fisiológico de inseticidas e fungicida sobre a germinação e vigor de sementes de soja (Glycine max L.) Científic@ -Multidisciplinary Journal, Goianésia, v. 5, p. 77-84, 2018.

COSTA, N. P., MESQUITA, C. M., MAURINA, A. C., FRANÇA NETO, J. B., KRZYZANOWSKI, F. C., HENNING, A. A. Qualidade fisiológica, física e sanitária de sementes de soja produzidas no Brasil. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 25, n. 1, p. 128-132, 2003.

DAUB, M. E., CHUNG, K. R. Cercosporin: A Phytoactivated toxin in plant disease. Online. APSnet. 2007.http://www.apsnet.org/publications/apsnetfeatures/pages/cercosporin.aspx. Acesso em: 10 junh. 2019.

DESTRO, D., FARIA, A. P., DESTRO, T. M., FARIA, R. T., GONÇALVES, L. S. A., LIMA, W. F. Food type soybean cooking time: a review. Crop Breeding and Applied Biotechnology, Viçosa, v. 13, n. 3, p. 194-199, 2013.

GALLI, J. A., PANIZZI, R. C., FESSEL, S. A., SIMONI, F., ITO, M. F. Effect of Colletotrichum dematium var. truncata and Cercospora Kikuchii on soybean seed germination. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v.27, n. 2, p. 182-187, 2005.

GONZÁLEZ, A. M. TURINO, L., LATORRE, R. M. G., LURÁ, M. C. Cercospora kikuchii aislada en la província de Santa Fé (Argentina): variabilidad genética y producción de cercosporina in vitro. Revista Iberoamericana de Micología, Barcelona, v. 25, p. 237–241, 2008.

GUILLIN, E. A., OLIVEIRA, L. O., GRIJALBA, P. E., GOTTLIEB, A. M. Genetic entanglement between Cercospora species associating soybean purple seed stain. Mycological Progress, v. 16, p. 593–603, 2017.

HAMAWAKI, O.T., JULIATTI, F. C., GOMES, G. M., RODRIGUES, F. A., SANTOS, V. L. M. Avaliação da qualidade fisiológica e sanitária de sementes de genótipos de soja do ciclo precoce/médio em Uberlândia, Minas Gerais. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v. 27, n. 2, p. 201-205, 2002.

HENNING, A. A. Patologia e tratamento de sementes: noções gerais. (EMBRAPA, documento. 235), 2004.

KRZYZANOWSKI, F. C., FRANCA-NETO, J. B., HENNING, A. A. Relato dos testes de vigor disponíveis para grandes culturas. Informativo Abrates, v. 1, 1991. 50 pg.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados na avaliação das plântulas. In: VIEIRA, R. D., CARVALHO, N. M. (Coord.). Testes de vigor em sementes. Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Extensão, Jaboticabal, SP, 1994. p.49-85.

OLIVEIRA, A. C. S., MARTINS, G. N., SILVA, R. F., VIEIRA, H. D. Testes de vigor em sementes baseados no desempenho de plântulas. Revista Científica Internacional. São Camilo, v.1, n. 4, p. 1-21, 2009.

OLIVEIRA, J. A., MACHADO, J. C., VIEIRA, M. G. G. C., BRANDÃO JÚNIOR, D. S. Transmissibilidade e danos causados por Cercospora kikuchii em sementes de soja. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v.15, n.1, p. 97-100, 1993.

PEREIRA, C. E.; PEREIRA, M. C. Sementes de soja infectadas por Cercospora kikuchii, sob déficit hídrico. Científica, Jaboticabal, v.45, n. 3, p. 295-299, 2017.

TUNES, L. M., BARROS, A. C. S. A., BADINELLI, P. G., OLIVO, F. Testes de vigor em função de diferentes épocas de colheita de sementes de cevada (Hordeum vulgare L.). Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v.3, n. 4, p. 321- 326, 2008.

WENDT, L., MALAVASI, M. M., DRANSKI, J. A. L., MALAVASI, U. C., GOMES JUNIOR, F. G. Relationship between vigor tests with field emergency of soybean seed. Revista Brasileira de Ciências Agrarias, Recife, v. 12, p.166-171, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v17i1.1251

Apontamentos

  • Não há apontamentos.