Análise técnica e de custos do transporte de biomassa florestal com carreta piso móvel

Carlos Cezar Cavassin Diniz, Jaqueline Valerius, Clebson Lima Cerqueira, Romano Timofeiczyk Junior, Joao Carlos Garzel Leodoro da Silva, Marcos Favero Costa

Resumo


A identificação dos fatores operacionais e sua interferência no custo, pode representar uma grande economia de recursos para as empresas de base florestal. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o transporte de biomassa florestal com o uso de carreta piso móvel. Os dados foram provenientes de estudos de tempos e movimentos utilizando o método contínuo. Foi analisado o tempo efetivo médio do ciclo operacional, a produtividade e o custo de transporte. Foi observado que o tempo médio de transporte para as condições estudadas foi de 3,72 horas, sendo as variáveis relacionadas ao deslocamento os itens que apresentaram os maiores valores. O grau de utilização da operação foi de 73,5% com produtividade de 6,7 toneladas por hora, perfazendo uma produção mensal superior a 3.100 toneladas. Em relação ao custo, foi detectado que os itens relacionados ao salário dos motoristas bem como encargos sociais, gastos com combustível, manutenção e material rodante foram os que mais impactaram no custo da operação, que foi superior a 16 reais por tonelada transportada. É importante salientar que as informações obtidas neste estudo podem servir de base para empresas e investidores que tem a intenção de trabalhar com transporte de biomassa florestal.


Palavras-chave


Logística, Produtividade, Resíduo florestal.

Texto completo:

PDF

Referências


BERGER, R., TIMOFEICZYK, JR. R., CARNIERI, C., LACOWICZ, P. G., JUNIOR, J. S., BRASIL, A. A. Minimização de custos de transporte florestal com a utilização da programação linear. Revista Floresta, v.33, n.1, p.53-62, 2003.

FREITAS, L. C., MARQUES, G. M., DA SILVA, M. L., MACHADO, R. R., MACHADO, C. C. Estudo comparativo envolvendo três métodos de cálculo de custo operacional do caminhão bitrem. Revista Árvore, v.28, n.6,p.855-863, 2004.

IBÁ-INDUSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES. Relatório anual 2017 ano base 2016. Brasília-DF, 2017.

MACHADO, C. C., LOPES, E. S., BIRRO, M. H. Elementos básicos do transporte florestal rodoviário. 1ª edição. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa. 2000. 167p.

MACHADO, C. C., LOPES, E.S., BIRRO, M. H. Elementos básicos do Transporte Florestal Rodoviário. 2.ed. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2009. 167p.

MALINOVSKI, R. A., MALINOVSKI, R. A., MALINOVSKI, J. R., YAMAJI, F. M. Análise das variáveis de influência na produtividade das máquinas de colheita de madeira em função das características físicas do terreno, do povoamento e do planejamento operacional florestal. Revista Floresta, v.36, n.2, p.169-182,2006.

MANZONE, M.; BALSARI, P. The energy consumption and economic costs of different vehicles used in transporting woodchips. Fuel, v.139, n.1,p.511-515, 2015.

MARQUES, R. T. Otimização de um sistema de transporte florestal rodoviário pelo método PERT / CPM. Viçosa: 1994. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Viçosa – UFV

RODRIGUES, P. Introdução aos sistemas de transporte no Brasil e à logística internacional. 4ª edição. São Paulo: Aduaneiras, 2007.

TONETTO, A. R., FIEDLER, N. C., DA SILVA, N. E., LOPES, E. S., CARMO, F. C. A. Análise técnica e de custos do transporte de madeira com diferentes composições veículares. Revista Árvore, v. 37, n. 5, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v16i1.1118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.