Limnologia e sua Correlação com a Produtividade da Tilápia Oreochromis niloticus

Djair Alves da Mata, Tancredo Souza, Cássio Macêdo Gomes, Rayane Amaral De Andrade, Marisa de Oliveira Apolinário

Resumo


Esse estudo propõe a exploração de novos horizontes no que diz respeito à piscicultura. Nesse contexto, foi desenvolvida uma pesquisa na propriedade rural Sítio Gurjaú, localizada no município de Coronel Ezequiel – RN, no período de agosto de 2016 a julho de 2017. O presente estudo teve como objetivos avaliar os parâmetros físicos e químicos da água em tanques escavados e o reflexo que estas variáveis exercem sobre o desempenho produtivo da tilápia Oreochromis niloticus (Linhagem Chitralada). Sendo assim, ocorreram visitas quinzenais, sendo possível coletar água e submetê-las a estudos físicos e químicos por meio do Kit Acqua Supre, oxímetro e disco de Secchi, sendo estas variáveis: temperatura, transparência, alcalinidade, dureza, oxigênio dissolvido (OD), amônia total, nitrito, gás carbônico, e potencial hidrogeniônico (pH). Os dados aferidos foram submetidos á estatística descritiva, permitindo observar a média dos valores correspondentes. Resultados relacionados aos parâmetros hidrológicos, como OD na água alcançaram valores entre 6,92 a 9,63 mg/L; gás carbônico dissolvido na água com uma média de 17,02 mg/L; nitrito, correspondo a média de 0,2 mg/L e amônia total, com média de 2,09 mg/L. Esse estudo tem importância econômica na exploração da tilapicultura como alternativa, abrindo possibilidade para a sustentabilidade e o agronegócio.

Palavras-chave


Piscicultura, Tanque escavado, Parâmetros hidrológicos.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRUNHOSA, F. Técnico em Aquicultura: Piscicultura. Belém – PA: Instituto Federal de Educação, Ciência, e Tecnologia - IFPA, 2011. 133 f. Disponível em: < http://redeetec.mec.gov.br/images/stories/pdf/eixo_rec_naturais/aquicultura/181012_piscicult.pdf >. Acesso em: 10/08/2016.

APOLINÁRIO, M. O.; BELMINO, J. F. B.; SILVA, L. O.; DANTAS, M. B. ICTIOLOGIA E PISCICULTURA NO CURIMATAÚ PARAIBANO: Aspectos socioeconômicos, educativos e produtivos. 1ª ed. Campina Grande: EDUFCG, 120 p. 2015.

ARAÚJO R.; MORAES, A. J. N. Diagnóstico da piscicultura nos municípios de Bocaina e Sussuapara – Piauí. In: Simpósio de Produção Científica e Seminário de Iniciação Científica da UESPI, 10, 2010. Anais eletrônico. Teresina, PI: [s.n.], 2010. 16 p. Disponível em: . Acesso em: 11/09/2017.

BARBOSA, A.C.; FERREIRA, P. M. F.; SOUZA, R.N.; BARBOSA, J.M. Avaliação da taxa metabólica do tambaqui (Colossoma macropomum) e da tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus). Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, Pernambuco, v. 4, n. 2, p. 46-55. 2009.

BARBOSA, A. C. A.; MOURA, E. V.; SANTOS, R. V. Cultivo de tilápias em gaiolas. EMPARN, Natal, v. 17, 2010. 33 p.

BARROSO, R. M.; TENÓRIO, R. A; PEDROZA FILHO, M. X.; WEBBER, D. C.; BELCHIOR, L. S.; TAHIM, E. F.; CARMO, F. J.; MUEHLMANN, L. D. 2015. Gerenciamento genético da tilápia nos cultivos comerciais. Embrapa Pesca e Aquicultura. Palmas, TO. Série Documentos, v. 23. 64p.

BOCCALETTO, E. M. A.; MENDES, R. T. (Org.). Alimentação, atividade física e qualidade de vidados escolares do Município de Vinhedo/SP. Campinas: IPES Editorial, 2009. Disponível em: . Acesso em: 12/09/2017.

CARMO, J. L.; FERREIRA, D. A.; SILVA JUNIOR, F. R.; SANTOS, R. M. S.; CORREIA, E. S. Crescimento de três linhagens de tilápia sob cultivo semi-intensivo em viveiros. Revista Caatinga. Mossoró. v. 21, n. 2, p. 20-26, 2008.

CASTELLANI, D.; ABIMORAD, E. G.; MARQUES, H. L. A.; ROMERA, D. M.; GARCIA, F.; SCHALCH, S. H. C.; BOOCK, M. V. 2011. Policultivo de tilápias e camarão da Malásia no inverno: estudo de caso no noroeste paulista. In: X REUNIÃO CIENTÍFICA DO INSTITUTO DE PESCA, São Paulo, 07-08 dez. Resumos, p. 18-20. Disponível em:. Acesso em: 11/09/2017.

COMARELLA, R. Monitoramento do crescimento da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). 2014. 35 f. Monografia (Graduação em Tecnologia de Aquicultura) - Universidade Federal do Paraná, Palotina – PR, 2014.

CAVALCANTE, D. H.; SILVA, S.R.; PINHEIRO, P. D.; AKAO, M. M. F.; SÁ, M. V. C. Single orpaired increase of total alkalinity and hardness of water for cultivation of Nile tilapia juveniles, Oreochromis niloticus. Acta Scientarium Technology, Maringá, v. 34, n. 2, p. 177-183. 2012.

DANTAS, M. B.; SILVA, L. O.; APOLINÁRIO, M. O. Variação temporal dos parâmetros físicos e químicos da água de cultivo de tilápia em tanques-rede no Açude Boqueirão do Cais, Cuité - PB. In: APOLINÁRIO, M. O.; BELMINO, J. F. B.; SILVA, L. O.; DANTAS, M. B. (Org.). Ictiologia e piscicultura no curimataú paraibano: aspectos socioeconômicos, educacionais e produtivos. Campina Grande: EDUFCG, p. 69-84. 2015.

DANTAS, J. R.; APOLINÁRIO, M. O. Otimização do cultivo de tilápias Oreochromis niloticus (linhagem chitralada) em sistema de tanques-rede no açude boqueirão do cais, cuité-pb. XI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE, 03, 04 e 05 de Nov. Universidade Federal de Campina Grande, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2017.

DANTAS. M. B. CARACTERIZAÇÃO TEMPORAL DAS VARIÁVEIS FÍSICO-QUÍMICAS DO AÇUDE BOQUEIRÃO DO CAIS (CUITÉ – PB), NO CULTIVO EM TANQUES-REDE DA TILÁPIA Oreochromis niloticus. 2013. 38 f. Monografia de Conclusão de Curso (Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas) – Universidade Federal de Campina Grande, 2013.

DIAS-NETO, J. Pesca no Brasil e seus aspectos institucionais – um registro para o futuro. Revista CEPSUL – Biodiversidade e Conservação Marinha, v. 1, n. 1, p. 66-80, 2010.

DUARTE, E.; MOREIRA, F. C.; PEDREIRA, M. M.; PIRES, A. V.Parâmetros físico-químicos da água para cultivo de tilápia do Nilo em sistemas de biofiltros. Boletim Técnico PPGZOO UFVJM, Diamantina - MG, v.2, n.2, p. 5-16, Junho/2014.

FAO - Food and Agriculture Organization of the United Nations.El estado mundial de la pesca y laacuicultura.Roma: FAO, 2009. 196p.

FARIA, R. H. S.; MORAIS, M.; SORANNA, M. R. G. S.; SALLUM, B. W. Manual de criação de peixes em viveiro. Brasília: Codevasf, 2013.

FERREIRA, P. M. F.; BARBOSA, J. M.; SANTOS, E. L.; SOUZA, R. N.; SOUZA, S. R. Avaliação do consumo de oxigênio da tilápia do Nilo submetidas a diferentes estressores. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, v. 6, n. 1, p. 56-62, 2011.

FERNANDES, A. S. Amostragem de Ectoparasitos de Tilápia do Nilo Oreochromis niloticus (Linnaeus, 1758) em cultivo comercial. 2014. 32f. Trabalho de Conclusão de Curso Monografia (Bacharel em Engenharia de Aquicultura) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Engenharia de Aquicultura. 2014.

FERRAZ, D. R.; AMARAL, A. A. Variação nictemeral dos parâmetros físico-químicos da água de um viveiro de cultivo de tilápia. XIV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e X Encontro Latino Americano de Pós-Graduação, 21 – 22 de out., Universidade do Vale do Paraíba, 2010. Disponível em: < http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2010/anais/arquivos/0911_0976_01.pdf >. Acesso em: 12/09/2017.

FITZSIMMONS, K. Market stability: Why Tilapia supply and demand have avoided the boom and busts of other commodities. 4th International Trade and Technical Conference and position on Tilapia. Kuala Lumpur, Malaysia. 2015.

GARCIA, C. A. B.; SANTOS, G. P.; GARCIA, H. L. Análise dos parâmetros físico-químicos dos viveiros de camarão na grande Aracaju - Sergipe. Revista Ciências Exatas e Naturais (Impresso), v. 11, p. 209-225, 2009.

GRAEF, A.; TOMAZON, A. F.; NAZARENO, P. E.; MARAFON, T. A. Influência da dureza e do pH no desenvolvimento do Jundiá (Rhamdia quelen) na fase de fertilização até a produção de póslarvas. REDVET, v. 8, p. 339-347, 2007.

GUIMALHÃES, A.F. Criação de peixes. Ilhéus - BA. Ceplac. 28p. 2012.

HENRY-SILVA, G. G.; CAMARGO, A. F. M. Impacto das atividades de piscicultura e sistemas de tratamento de efluentes com macrófitas aquáticas – relato de caso. Boletim do Instituto de Pesca, São Paulo, v. 34, n. 1, p. 163-173. 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Produção Pecuária Municipal, Rio de Janeiro - RJ, v. 42, 39 p. 2014.

KOCHE, I. Implantação de um sistema semi-intensivo de piscicultura como alternativa de renda em uma propriedade rural. 2013. 20 f. Projeto apresentado ao Curso de Graduação de Ciências Rurais. Universidade Federal de Santa Catarina –(UFSC), Campus Curitibanos, Santa Catarina SC – UFSC, 2013.

KUBITZA, F. Qualidade da água: no cultivo de peixes e camarões. 1ª ed. Jundiaí - SP. 2003, 208 p.

KUBITZA, F. Piscicultura em Rondônia: a força de um setor organizado. Revista Panorama da Aquicultura, v. 27, n. 160, p. 3-66, março/abril, 2017.

KUBITZA, F. Produção de tilápias em tanques de terra: estratégias avançadas no manejo. Revista Panorama da aquicultura, v. 19, n. 115, p. 15-21, set./out. 2009.

KUBITZA, F. Qualidade da água na produção de peixes. Parte II. Revista Panorama da Aquicultura, v. 8, n. 46, p. 36-41, 1998.

LANDELL, M. C. Avaliação do desempenho de tilápias (Oreochromis niloticus, Trewavas, 1983) em tanques-rede na represa de Jurumirim/Alto Rio Paranapanema. 2007. 106 f. Dissertação (Mestrado em Aquicultura), Centro de Aquicultura, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, 2007.

LEIRA, M. H.; CUNHA, L. T.; BRAZ, M. S.; MELO, C. C. V.; BOTELHO, H. A.; REGHIM, L. S. Qualidade da água e seu uso em pisciculturas. PUBVET, v. 11, n. 1, p. 11-17, jan. 2017. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2017.

LEITE, M. J. C. UTILIZAÇÃO DE MICROORGANISMOS EFICAZES COMO PROBIOTICO NO CULTIVO DA TILAPIA DO NILO. 2009. 51 f. Dissertação (Mestre em Zootecnia) – Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Areia – PB, 2009.

LIMA, A. F.; SILVA, A. P.; RODRIGUES, A. P. O.; BERGAMIN, G. T.; TORATI, L. S.; PEDROZA FILHO, M. X.; MACIEL, P. O. Qualidade da água: piscicultura familiar. Palmas: Embrapa Pesca e Aquicultura, 2013. 8p. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/972064/1/agua.pdf >. Acesso em: 12/01/2017.

LIMA, C. B.; OLIVEIRA, E. G.; ARAÚJO FILHO, J. M.; SANTOS, F. J. S.; PEREIRA, W. E. Qualidade da água em canais de irrigação com cultivo intensivo de tilápia nilótica (Oreochromis nilóticus). Revista Ciência Agronômica, v. 39, n. 4, p. 531-539, 2008.

MATA, D. A. É possível viver no semiárido. In: ARAÚJO, Vicente de Paulo Albuquerque (Org.). Pelos caminhos do Semiárido. Campina Grande: Eduepb, 2013. p. 157 – 160.

MATA, D. A.; SANTOS, A. M. D.; SILVA, H. L. P.; DANTAS, M. B.; APOLINÁRIO, M. O. Implantação de um sistema de piscicultura em tanques escavados como alternativa de renda para piscicultores no Semiárido Paraibano. In: I Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido, 11, 2016, Campina Grande - PB. Anais eletrônico. I CONIDIS. Campina Grande - PB: Realize Eventos e Editora, 2016. v. 1. Disponível em:. Acesso em: 10/ 10/2017.

MPA - MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA. BRASIL. Boletim estatístico da pesca e aquicultura. Brasília, 2012. 129 p.

MERCANTE, C. T. J.; SILVA, D.; COSTA, S. V. Avaliação da qualidade da água de pesqueiros na Região Metropolitana de São Paulo por meio do uso de variáveis abióticas e Clorofila. In: ESTEVES, K. E. e SANT’ANNA, C. L. (Org.) Pesqueiros sob uma visão integrada de meio ambiente, saúde pública e manejo: um estudo na Região Metropolitana de São Paulo. São Paulo. RiMa Editora. 2006. 240p.

MERCANTE, C. T. J.; MARTINS, K. Y.; CARMO, C. F.; OSTI, J. S.; MAINARDES - PINTO, C. S. R.; TUCCI, A. Qualidade da água em viveiro de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus): caracterização diurna de variáveis físicas, químicas e biológicas, São Paulo, Brasil. Bioikos, v. 21, n. 2, p. 79-88. 2007.

MUNOZ, A. E. P.; FLORES, R. M. V.; PEDROZA FILHO, M. X.; BARROSO, R. M.; MATAVELI, M.; REZENDE, F. P. Tilapicultores e técnicos discutem custos de produção da aquicultura em Assis Chateaubriand. Palmas: Embrapa Pesca e Aquicultura, 2015. 6 p. (Informativo Campo Futuro, 10).

NETO, A. D. L.; FERREIRA, R. N. C.; BEZERRA, J. H. C.; PINTO, C. R. S.; LEITE, M. B.; MARQUES, C. H. P.; FACUNDO, G. M.; COSTA, J. M. Criação de peixes em viveiros escavados. Fortaleza – CE. 2016. 69 p.

OLIVEIRA, E. G.; SANTOS, F. J. S. Piscicultura e os desafios de produzir em regiões com escassez de água. Revista Ciência Animal, v. 25, n. 1, p. 133-154, 2015.

OLIVEIRA, E.G.; SANTOS, F.J.S.; PEREIRA, A.M.L.; LIMA, C.B. Produção de tilápia: Mercado, espécie, biologia e recria. Circular Técnica, v. 45, n. 12, p. 1-12. 2007.

OLIVEIRA, R. P. C.; SILVA, P. C.; BRITO, P. P.; GOMES, J. P.; SILVA, R. F.; SILVEIRA FILHO, P. R.; ROQUE, R. S. Variáveis hidrológicas físico-químicas na criação da tilápia do Nilo no Sistema Raceway com diferentes renovações de água. Revista Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 11, n. 3, p. 482-487, jul./set. 2010.

OLIVEIRA, L. Manual de qualidade da água para aquicultura. Florianópolis - SC: [s.n.], 2000

OLIVEIRA, R.C. O panorama da aqüicultura no Brasil: a prática com foco na sustentabilidade Revista Intertox de Toxicologia, Risco Ambiental e Sociedade, v. 2, n. 1, fev. 2009.

POPMA, T.; MASSER, M. Tilapia Life story and biology. Southern regional aquaculture Center (SRAC). Publication n° 283. March, 1999. Disponível em: . Acessado em: 20/09/2016.

RAUH, G. Crescimento da tilápia (Oreochromis niloticus, linnaeus 1758) e qualidade da água: efeito do perifíton. 2015. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia em Engenharia de Aquicultura) Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Aquicultura, Curso de Engenharia de Aquicultura, 2015.

RIBEIRO, L.G; GARCÍA, S.; SCHWINGEL, P. R.; AMARAL JÚNIOR, H.; Mello, G. L.; PASCO, J. M.; SILVA, F. M. Desenvolvimento da tilápia GIFT Oreochromis niloticus em diferentes densidades de cultivo no litoral norte do estado de Santa Catarina. In: IV Congresso Brasileiro de Oceanografía. 05. 2010, Rio Grande - RS. Anais do IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010. Disponível em:. Acessado em: 04/07/2016.

ROSSI, V. G. A utilização da tecnologia de bioflocos (TBF) na piscicultura: histórico e principais técnicas de manejo de sistema. 2014. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária). Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRGS, Porto Alegre, 2014.

ROSA, J.; NOLETO, R. B.; RIBEIRO, M. O. Avaliação do efeito substitutivo de ração por adubação orgânica na alimentação em alevinos de tilápia (Oreochromis niloticus). Revista Luminária (União da Vitória), v. 16, p. 119-130, 2014.

SAMPAIO, J. Multiplicar os peixes. AgroANALYSIS, São Paulo, V.30, n. 2, p. 50, Fev. 2010. Disponível em: . Acessado em: 20 de jan. 2017.

SARAIVA, K. A.; MELO, F. P.; APOLINÁRIO, M. O.; SANTOS, A. J. G.; CORREIA, E. S. Densidades de estocagem de juvenis da tilápia Oreochromis niloticus (linhagem Chitralada) cultivados em tanques-rede. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 10, n. 4, p. 963-969, 2009.

SANTOS, M. M.; CALUMBY, J. A.; COELHO FILHO, P. A.; SOARES, E. C.; GENTELINI, A. L. NÍVEL DE ARRAÇOAMENTO E FREQUÊNCIA ALIMENTAR NO DESEMPENHO DE ALEVINOS DE TILÁPIA-DO-NILO. Boletim do Instituto de Pesca (Impresso), v. 41, p. 387-395, 2015.

SAVITISKY, J. A. Avaliação do consumo de fontes de proteína de origem animal empré-escolares. 2013. 66p. Dissertação (Mestrado em Produção Animal Sustentável) - Instituto de Zootecnia. APTA/SAA. Nova Odessa, 2013.

SEBRAE – RN– Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte. Criação de tilápia em tanques escavados. – Natal: SEBRAE/RN, 2014. 32 p. Disponível em: . Acesso em: 02/07/2016.

SIDONIO, L.; CAVALCANTI, I.; CAPANEMA, L.; MORCH, R.; MAGALHÃES, G.; LIMA, J.; BURNS, V.; ALVES JÚNIOR, A .J.; MUNGIOLI, R. Panorama da aquicultura no Brasil: desafios e oportunidades. BNDES Setorial, v. 35, p. 421-463, 2012.

SILVA, G. C. Limnologia de viveiros escavados da base de piscicultura Carlos Eduardo Matiazze. 2014. 56 f. Trabalho de conclusão de curso (Monografia) – Engenharia de Pesca, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Departamento de Engenharia de Pesca, Presidente Médici, Rondônia, 2014.

SILVA, P. R. D. Desenvolvimento e avaliação preliminar de sistema aquapônico com Bioflocos. 2014. 49 f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro, Uberaba, 2016.

USHIZIMA, T. S. Manual de boas práticas de produção em piscicultura. Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento em Aquacultura Nutrizon Alimento LTDA. Manaus - AM: NUTRIZON FILIAL MANAUS, 2016, 49 p. Disponível em:. Acesso em: 07/10/2016.

VICENTIN, E.; SCHMOELLER, J. R.; MAXIMO, B.; FEUZER, C.; VOSS, E.; MULLER, I. C.; JUBINI, G.; HERMES, C. A. Monitoramento da amônia total, do nitrito e do nitrato em viveiros de piscicultura no Alto Vale do Itajaí. Nov. 2014. In: XV Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências - FETEC. nov. 2014, Santa Catariana. Anais Eletrônico. Instituto Federal Catarinense - IFC, Araquari – SC. 2014. Disponível em:. Acessado em: 12/9/2016

VIDAL, M. F. Panorama da piscicultura no Nordeste. Fortaleza – CE. Caderno Setorial ETENE. v. 1. n. 3. Nov.2016.

WAMBACH, X. F. Manejo Prático Aplicado a Piscicultura de Água Doce. 2012. 28 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Aquicultura) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Departamento de Zootecnia, Recife – PE, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v14i3.1053

Apontamentos

  • Não há apontamentos.